Sims In Motion aposta: Simboard Music Awards

868 0
cats

A contagem regressiva já tá rolando, e cada vez mais falta menos para o evento que certamente vai dar o que falar no simbook nesse final de semana, o Simboard Music Awards, e enquanto ainda não chega o dia, que curiosamente está marcado pra acontecer amanhã, no dia 29, nós resolvemos compartilhar quais são as nossas principais apostas de todas as categorias da noite.

E as líderes de indicações desse ano são nada mais nada menos que a cantora de oddcast Dulce Gagaturno e a nossa estrela pornô favorita Emmy Johnpson que, com o sucesso de seus novos trabalhos, foram indicadas em 4 das 9 categorias. Outros grandes artistas como Amy Hasting, Birolli MØ, Charlotte Bankoff, Megan DiLaurentis e Rick Autumn também foram destaques na lista. Abaixo você pode conferir as indicações + nossas apostas, que não são necessariamente nossos favoritos, em azul:

Artista do Ano

  • Birolli MØ
  • Dulce Gagaturno                                                                                                                                                         
  • Emmy Johnpson
  • Megan DiLaurentis
  • Rick Autumn

Pela primeira vez na minha vida eu bati o olho em uma categoria e não corri pra destacar a rainha da porr* toda Birolli MØ, aliás por que não né? Seu próprio eu em si já é uma obra de arte e algo visionário, mas eu queria poder dedicar isto a Dulce. Certeza que meio mundo já deve saber que o meu amor pelo trabalho dela é universal, mas nunca é demais falar mais e mais vezes (tá, é sim). Num consenso geral, a verdade é que qualquer um que levar o prêmio pra casa nesta categoria vai estar representando muito bem. (Destaque para o nome de Birolli MØ também em azul na nota.)

Rising Star

Esta é a parte em que eu espero que esse trecho não pareça confuso. Estou em um momento da carreira que a sede por artistas revelações é maior do que qualquer coisa, e a gente sai apostando em tudo e torcendo bastante. E pensar que quando eu era uma criança no colo de minha avó, ela já dizia: “Nunca diga não pra novos artistas. Deus te abençoe, neto”. Chega a ser emocionante não? Já podem printar, enquadrar numa moldura bem bonita e pendurar na parede da sala. (Ei, espera, cadê você Tara?)

Artista Feminina do Ano

  • Birolli MØ
  • Charlotte Bankoff
  • Emmy Johnpson
  • Jullie Gomez
  • Maire’là
  • Megan Dilaurentis

Como uma verdadeira artista, ela realmente merece isto. Mirella não só já foi, como é uma excelência de poder feminino e artístico. Nos proporcionou entretenimento puro por um bom tempo, assim como ainda proporcionará muito mais no futuro e mostrou a todos que ela conseguia ser excêntrica sim e conceitual também, e foi o que a destacou das demais. Já chegou mostrando para o que veio, e foi conquistando cada vez mais seu espaço e seu público com sua arte. Gostaria muito que isto fosse pra você. De qualquer forma, sentiremos muitas saudades até que você volte denovo.

Artista Masculino do Ano

  • Andy Fhels
  • Derek Martin
  • Gabriel Santini
  • Josh Drew
  • Tryn Electro
  • Rick Autumn

Josh Drew é um modelo de originalidade para todos, desde que ingressou em uma carreira musical ele vem surpreendendo a cada passo que dá. E ele não é único, Rick Autumn e Tryn Electro também são fortes nomes pra levar o prêmio para casa. Pode soar muito contraditório, mas essa categoria é mais uma daquelas em que qualquer um dos indicados que vencer já estará ótimo, agora o que nos resta é esperar pra ver.

Música do Ano

  • Megan Dilaurentis, Anaconda
  • Rick Autumn, Ghost
  • Barbie, Hello Kitty
  • Charlotte Bankoff, Shake Up Christmas
  • Amy Hasting, We Can’t Stop
  • Alinne W., Yoncé

Eu só consigo ver algo entre os indicados, e está em azul, viram? Quebrando esse falso boato de que sucesso e qualidade nem sempre andam juntos, só o videoclipe desta música já contabiliza cerca de 10 mil views, a canção poderia ser claramente um sinônimo da palavra qualidade, já está escrito na bíblia. É melhor que já estejam preparados para o “And the Simboard Award goes to… Amy Hasting, ‘We Can’t Stop’!”.

Vídeo do Ano

  • Dulce Gagaturno, Ben 10
  • Tryn Electro, Iron
  • Tati Savhoya, Run
  • Birolli MØ, Ultraviolet
  • Amy Hasting, We Can’t Stop
  • Alinne W., Yoncé

Sabe quando bate aquela dúvida e você pensa em apostar em tudo de novo, mas você não pode, pois ficaria muito repetitivo e cansativo? É, numa hora todos estavam impressionados com o clipe “Iron”, noutra se identificavam com “Run”, e em maisoutro se deliciavam com a simplicidade visionária de “Ultraviolet”, e numa maisoutra rebolavam muito ao som de “Yoncé”, além do fuckin’ reborn de Amy Hasting com “We Can’t Stop” que fez um sucesso tremendo, mas o vídeo de “Ben 10” por Dulce Gagaturno é o meu favorito dentre os indicados, aliás se existe um garoto por aí usando roupa de galáxia, all-star e calça rasgada, seu nome é Ben 10, abrace ele e principalmente o cobre pelos projetos cancelados.

Álbum do Ano

Meus dedos coçaram para deixar o nome da Dulce azulzinho, mas apostamos mesmo na Lara Minelli, uma artista de grande excelência e que antes de ir nos deixou a mais bela pintura que ela poderia fazer, o hinário “Love.Angel.Music.Baby” (e que pra quem não sabe: sim, infelizmente ela encerrou seus trabalhos no final do ano passado), masss enquanto ela não volta (eu tenho fé) ela ainda assim merece este prêmio, e todos nós merecemos ouví-lo de novo mais ainda. Antes, queremos dedicar um beijo pra “Twerk It”, que também merece e muito.

Grupo do Ano

Essa categoria é tão vazia e ao mesmo tempo tão complexa, né? Provavelmente algum grupo qualquer da categoria levará o prêmio pra casa enquanto quem realmente merece não é tão popular assim. Estamos de dedos cruzados pra dar sorte e na torcida por K+TM ou Os Lhamas que meio que nasceram pra vencer essa categoria todas as vezes que fossem indicados. Eu não queria dizer, mas eu senti muita muita muita falta das meninas de “BO$$”, mesmo que fosse só para serem indicadas. Simboard, a casa caiu, você tá fora, cara!

Colaboração do Ano

  • Emmy Johnpson with Mariane Andrade, 30 Minutes
  • Maire’là with Tryn Electro, Beat Down
  • Dulce Gagaturno with Emmy Johnpson, Fode o 2º Turno
  • Dakota Ferrel with Maire’là, Feel Yourself
  • Derek Martin with Alinne W., If I Never See Your Face Again
  • Amber Bennett with Mariane Andrade, Oceania

Essa música é, pelo menos para mim, uma mistura perfeita, e incomparável com os outros nomes na lista. Apesar do single não ter tido tanto alcance popular assim, ela soa totalmente original, diferente e esquisito — o último fator é o que a faz ainda mais maravilhosa — ou em poucas palavras: frenético. Só acho que deveria vencer com força.

(A gente espera que você tenha chegado até aqui, mas antes, esses são algumas das atrações confirmadas do evento esse ano: Tati Savhoya, Amy Hasting, Megan DiLaurentis, Josh Drew, Dulce Gagaturno e companhia.)

(Particularmente, estamos bem ansiosos pra assistir as performances de DiLaurentis e Tati Savhoya, como sempre. Será mesmo incrível.)

(Bom, a partir daqui não haverão informações que você realmente deveriam ler, então você já pode ir fazer outra coisa ou começar a questionar porque no começo dissemos que as apostas não eram necessariamente nossos favoritos, mas o destino os trollou.)

(Se quiser, você pode comentar sobre o que achou da matéria, e também pode contar quais são suas apostas.)

(Nosso corpo ainda não está preparado pra grande noite do evento, assim como não se recuperou da noite da última edição do Simboard há mais de um ano. Mal podemos esperar, sério.)

(Estamos de dedos cruzados, torcendo muito pra vermos Tara no palco da premiação, se apresentando dignamente e ensinando pro Brasil como é que se faz.)

(Ainda não superamos nem um pouco a capa do novo álbum da Megan DiLaurentis, “ID. 1992”, com lançamento previsto para 10 de abril. Pra dar uma olhada, é só clicar aqui, ou aqui, tem aqui também. Seja feliz. Sim, ela nos pagou pra dar uma divulgada.)

(A gente disse que era melhor parar de ler.)

(“Por que o blog não pode simplesmente mostrar a lista de indicados e citar o nome das atrações como qualquer outro?”)

(Vale lembrar que não há problema nenhum em ser cara de base game, ok? Até porque tem muito base game por aí que arrasa mais do que os cara de sims realistas. Fica a dica.)

(“Essa composição será como meu ensinamento. Comecei agora e acabo em qualquer momento; Pá, acabou!”)

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

About The Author