5 Dicas Essenciais Para Uma Série de Sucesso

220 0

Gerações  e gerações do The Sims se passam, mas o mundo dos Machinimas continua firme e forte. O número de pessoas que se interessam em assistir séries, curtas ou filmes feitos com o nosso jogo favorito é constante, tal qual o número daqueles que querem criar a sua própria história, ou adaptar uma pronta. Mas qual o primeiro passo na hora de desenvolver a sua série? O roteiro! Não há como você fazer uma série sem um roteiro, ele é o seu ponto de partida depois que você tem uma ideia.

Você provavelmente já viu esse nosso post aqui, que fornece dicas preciosas para  quem está começando uma produção. Mas a abordagem aqui será outra. Queremos passar pra vocês agora pontos extremamente importantes para prender o público e tornar o seu roteiro interessante, especialmente para séries.

1) Um Piloto Forte

8Ok, se você não conhece o termo “piloto” e ficou boiando imaginando um piloto de avião musculoso, aqui vai a explicação: Piloto nada mais é do que o primeiro episódio da primeira temporada de uma série – o famoso 1×01. É extremamente importante que o seu primeiro episódio seja forte, e desperte a atenção do público. Uma das missões mais importantes do Piloto é fazer o público se conectar com os personagens. É necessário apresentar os personagens de forma rápida, mas completa ao mesmo tempo. Outra coisa importante para o primeiro episódio é a primeira cena. Uma cena bem feita, que apresente algum tipo de diferencial, que seja instigante, vai fazer com que o público não feche o vídeo de cara. Uma cena de abertura fraca pode fazer a pessoa fechar seu vídeo, e acabar perdendo uma boa série. E uma das coisas que eu acho fundamentais: a cena final. Ok, não precisa ser necessariamente o momento final, mas pelo menos perto do final é bom que algo aconteça que faça com que o telespectador queira ver o resto. Portanto, trate de escrever uma cena inicial que consiga prender. Um bom exemplo de episódio piloto feito com maestria é a nova série O Estudante, que inclusive recebeu uma review bastante favorável aqui no Sims In Motion.

2) Plot Twist

10644527_689416701127651_9198063522749538888_oPlot Twist nada mais é do que aquela reviravolta que acontece que deixa o público aflito e de boca aberta. É quando o jogo muda, quando a situação se complica. Durante o decorrer da sua série, esse é o ponto que vai fazer o telespectador querer continuar assistindo. O plot twist é fundamental, e precisa acontecer mais de uma vez. Você não pode simplesmente jogar a história no piloto e sair arrastando pra tudo acontecer no finale. Esse elemento vai renovar a sua série e deixar as pessoas ansiosas! Cuidado com spoilers, se não assistiu as séries que vou citar agora, mas bons exemplo de plot twist são o momento de Além do Paraíso que o Caponi fica possuído pelo demônio. A gente assiste a série achando que vai se tratar de uma garota que tem sua fazenda ameaçada por um cara mau, e conta com a ajuda de um anjo, quando de repente *BOOM*! O cara mau vira o capiroto literalmente e a coisa fica séria. Outro bom exemplo é Destinos Cruzados, que em seu episódio mais recente matou um de seus personagens principais no último minuto do episódio – e me deixou sem ar! Mas calma, não saia matando seus protagonistas loucamente, é um exemplo! Enfim, acho que ficou bem claro o que é um plot twist.

3) Cliffhanger

Screenshot-253Mais uma pro dicionário de quem não conhece: Cliffhanger nada mais é do que aquele gancho final de um episódio. O cliffhanger não deixa de ser um plot twist, só que é um que acontece no último segundo do episódio.  Esse elemento é simplesmente um dos mais usados pra fazer o telespectador continuar assistindo. Vou logo partir pra um exemplo *spoiler*: em Lindas Mentirosas quando Kimberly chega à conclusão que Thomas é ‘A’, foge dele no meio do mato e de repente cai, dando um super grito. Um final que na época deixou os telespectadores sem acreditar que tinha acabado daquela forma, com gostinho de quero mais! O exemplo sobre Destinos Cruzados no tópico anterior não deixa de ser um cliffhanger, já que foi no fim do episódio. Em uma, um cliffhanger é um plot twist no último momento do episódio.

4) Planeje Sua História

1074359_560425834013434_1239180503_oSimplesmente não adianta você seguir os passos acima, mas não ter a sua história planejada. Algo que acontece muito é alguém ter uma boa ideia, começar a fazê-la e não saber como continuar a partir de um certo ponto. Muitas ideias surgem, mas antes de começar sua produção você precisa saber onde a história vai chegar. E não me refiro apenas a pensar no que você quer que aconteça no último episódio, mas você deve planejar todos os acontecimentos do decorrer da história. Se você quer fazer uma série com 10 episódios, você precisa saber o quê de interessante vai acontecer nos 10. Se você não cuidar bem disso, a história se tornará chata, e não há plot twist e cliffhanger que salve um episódio que foi simplesmente ruim e arrastado. Planeje com calma, pense no número de episódios, divida bem o que vai acontecer em cada um deles. Para filmes ou curtas a tarefa também não é tão fácil quanto parece. É necessário saber o que vai acontecer no início, meio e fim, para que certas partes do seu filme não fiquem muito massantes e paradas.

5) Leia e Releia

13653247_1736869986529732_2438164197262009580_oÉ muito importante que após você escrever o seu roteiro, você releia. E não digo pra você reler logo depois de ter escrito tudo. Isso você faz pra conferir erros gramaticais e coisas do tipo. A minha dica é que depois de escrever seu roteiro, você o deixei pelo menos alguns dias de lado. Quando você reler, vai olhar pro seu trabalho com uma nova perspectiva. Nesse momento é que percebemos diálogos que poderiam ser melhores, cenas que podem ser aprimoradas e coisas do tipo. É importante também não ter pena de remover as cenas mais chatas. Sim, ninguém escreve uma cena pensando que ela vai ser chata, mas faça o teste: observe como ficaria a sua história, ou o seu episódio sem uma tal cena. Você pode ama-la, acha-la super necessária, mas se a sua história seguir bem sem ela, então é uma cena desnecessária. Não é algo obrigatório, mas a menor quantidade de cenas chatas e que atrasem o seu plot, melhor.

Total 6 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

About The Author

Diretor e um dos fundadores do site, desde seus 13 anos Adriano Magnavita se interessou por escrever histórias e depois de um tempo passou a reproduzi-las através do The Sims, em fotos. Em 2010 lançou sua primeira série em vídeo, A Inveja Mata, e em 2011 ficou conhecido por dirigir Lindas Mentirosas. Gosta de ajudar aos outros e acredita que pode fazer isso através do site.